terça-feira, 27 de outubro de 2009

O AMOR HERMANN HESSE



Quanto mais envelhecia quanto mais insípidas me pareciam as pequenas satisfações que a vida me dava quanto mais claramente compreendia aonde deveria procurar a fonte das alegrias da vida aprendi que ser amado não é nada e amar é tudo

O dinheiro não era nada, o poder não era nada. Vi tanta gente que tinha dinheiro e poder e mesmo assim infeliz

A beleza não era nada. Vi homens e mulheres belos infelizes apesar da sua beleza

Tampouco a saúde contava tanto assim. Cada qual tem a saúde que sente

Havia doentes repletos de vontade de viver e havia sadios que definhavam angustiados pelo medo de sofrer

A felicidade é amor só isso

Feliz é quem sabe amar

Feliz é quem pode amar muito

Mas amar e desejar não é a mesma coisa

O amor é o desejo que atingiu a sabedoria

O amor não quer possuir

O amor quer somente amar

Hermann Hesse



6 comentários:

Graça disse...

"O amor quer somente amar"_____ nem mais. Gosto de Hermann Hesse.


E também gosto de si, minha querida amiga.

Beijo de boa noite.

BANDEIRA disse...

O amor é o único sentimento que dá e quer liberdade um do outro. Ele não manipula, só respeita.

A música do Jota é 10 !

Amiga, saudades de ti, o amor está no ar outra vez...
Vamos amar enquanto é tempo !

Beijos !

HSLO disse...

Você é o amor em pessoa.
Amo demais essa música do Jota..adoro.


abraços

Hugo

M@ disse...

Olá Renata, amiga, acabei de confirmar que eu e você somos quase idênticas em relação com as pessoas.
Damo-nos demais e depois ficamos em cacos espalhadas pelo chão.
Hipócritas há em todo o lado.
E você sabe bem disso.
Ajudamos toda a gente com o melhor que sabemos e a paga é um virar de costas ou o desprezo.
Claro que como pessoas fortes que somos mesmo que sejamos muito sensíveis, nada nos abala.
Mas ficam mágoas no coração.
Acho que se não fosse certas e determinadas pessoas que ainda merecem respeito, deixava isto tudo.
Mas tenho de ser muito melhor do que qualquer um ser ignóbil que me afronte.
Desculpe o desabafo, mas acho você uma boa amiga e que sabe reconhecer pessoas que só querem ter um pouco de amizade nada mais.
Adoro-te amiga.

Beijinhos e boa semana

Manu

Daniel Costa disse...

Renata

É a primeira vez que leio algo deste Hermann Hesse, confesso que apreciei.
Amar e ser amado por alguém, ter a capacidade de amar o mundo, mesmo sem riqueza, é viver em paz interior.
Beijos,
Daniel

Unseen Rajasthan disse...

Another beautiful post !!The words are worth reading !! Thanks for sharing..Do check my new post too !!Unseen Rajasthan