sexta-feira, 27 de novembro de 2009

CARTA PARA NÓS


CARTA PARA NÓS
Composição: Rodrigo Santos/Mauro Sta Cecília/Betinho


O Olhar do Outro é o que nos faz Viver em Paz

Essa é uma declaração de amor a nós

Não tenho nenhuma pressa em morrer

Não tenho nenhuma pressa em terminar essa carta

E voltar a ela é como um renascer

Preciso cuidar de cada sílaba

Uma carta pra nós assim merece

Merece ser um pedaço 

Um pedaço de vida

Pela via do que não se esquece

Saímos em direção ao fim

Como quem procura um começo

Foi um turbilhão de emoções 

E veio o primeiro beijo

Veio o primeiro beijo o primeiro beijo

Já passamos juntos por tantas coisas

Se for contar o tempo é curto

E até foi preciso entrar

Numa onda

Entrar numa onda sem futuro

Mas nosso amor foi maior que o desespero

Medo de dia amor de noite

E resolvemos continuar tudo

Apesar do mundo apesar de tudo

Pois o olhar do outro é o que nos faz viver em paz

Saímos em direção ao fim

Como quem procura um começo

Foi um turbilhão de emoções

E veio o primeiro beijo

Veio o primeiro beijo o primeiro beijo

Veio o primeiro beijo o primeiro beijo


15 comentários:

Luciana disse...

Oi Rê

Tudo bem contigo?

Lindo texto amiga

Bjs

Sonhadora disse...

Lindo ...adorei.
Bom fim de semana
Um beijo
Sonhadora

Daniel Costa disse...

Renata

Na época que atravessamos, não se dará valor ao primeiro beijo, mas nos fim dos anos cinquenta e principios de sessenta, o primeiro beijo marcava e de maneira!... Um dia disse-me uma dama: quem dá um beijo, faz o resto! Era outra época em que a consumação, antes da noite de núpcias era pecado.
Porém o poema é girissimo e fez despertar pensamentos de tormentos desnecessários.
Haja ritmo a dar um gostinho à vida!

Beijos
Daniel

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

"O Olhar do Outro é o que nos faz Viver em Paz"
Olhar nem sempre basta
Enxergar Perceber é necessário sempre
Beijos primeiros seguintes são deliciosamente necessários
Beijos

Franzé Oliveira disse...

Estou feliz
Quero dizer isso para você, viu?
Bjos com ternura minha fadinha.

Val Du disse...

Oi, Renata.

O blog tá lindo!

Beijos.

Majoli disse...

Oi querida, que linda letra, linda melodia, amei.

Meu e-mail é majoli18@hotmail.com

Obrigada por seu carinho para comigo.

Beijos no ♥

Blue disse...

O primeiro beijo não se esquece jamais!

Beijossssss

rosa-branca disse...

Olá, e veio o primeiro beijo... lindo faz qualquer um sonhar.Beijo

HSLO disse...

Todas as cartas de amor são Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem Ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras, Ridículas.
As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser Ridículas.
Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso Cartas de amor Ridículas.
Afinal, só as criaturas que nunca escreveram Cartas de amor,
É que são Ridículas.

..........

Renata, estava com saudade demais...de passar por aqui, mas passei essa semana toda trabalhando demais, não deu tempo eu entrar no blog. Mas, já estou de volta.

te desejo um ótimo final de semana.


abraços


Hugo

♥ ♥ Eu disse...

Linda composição.

mil beijos e um fds com muita paz prá vc!

Auíri Au disse...

Adorei as fotos e as palavras.
Belo blog!!
Beijos

Auíri Au disse...

Adorei as fotos.
Belo blog!!
Beijos

Helena Rocha disse...

obrg kerida, mt obrg.
seu blog continua lindú viu di coraçaum lindú mesmu, parabénssss


bjússsss milll
Le

Everson Russo disse...

Em primeiro lugar, voce ta linda lá no Esconderijo da Bandys...merecida homenagem, são tantas coisas nessa vida que a gente nao esquece, são tantas passagens que teremos na retina pro resto dos dias...assim como ter te conhecido um dia....beijos e um lindo sabado.