terça-feira, 1 de dezembro de 2009

AMOR A DOIS


 AMOR A DOIS


Podemos ser sós

Sabemos como ser sós

Há uma compreensão tácita

entre o que escrevemos

e as árvores lá fora

entre a chuva os raios do sol 

e nossos sonhos de amor

o chá sempre está quase pronto

 nosso território dourado

o âmbar ouro brilhante

Podemos ser sós

Sabemos como ser sós

À luz do chá

escrevemos

ouvimos

alguém

realizamos

nossos 

sonhos

Saímos de nós

Amamos

Amamos

10 comentários:

Deusa Odoyá disse...

Olá minh amiga Renta.
O amor vivido a dois na sua mais intima cumplicidade é uma benção de deus.
O amor foi feito para ser vivido e completado pelo outro.
Muito lindo, sentido e puro seu poema.
Adorei...
Parabéns da forma como vc. retratou o amor a dois.
Renatinha, uma semana de muitas bençãos e paz.
Bejinhos doces da amiga.
Regina Coeli.

Obrigado amiga, por suas visitas ao meu cantinho.

Luciana disse...

Que linda postagem amiga

Bjs

Emerson Souza disse...

Por mais que a gente tente descrever o amor sempre é pouco.
Bjus.

Graça disse...

Gostei tanto...

"Há uma compreensão tácita
entre o que escrevemos
e as árvores lá fora"___________ adorei estes versos, porque, tantas vezes, ao escrever é assim que sinto.


Beijo em si, minha querida Rê.

Sonhadora disse...

Renata
Lindo poema...amor adois é completo.
Muito belo
Um beijo
Sonhadora

rosa-branca disse...

O amor... é um elo de ligação entre dois seres que se amam. Beijos

Nilson Barcelli disse...

Bonitas palavras de amor feitas poema.
Gostei imenso, querida amiga.
Beijos.

MISCELÂNIA RIFF disse...

Concordo comm vc. devemos insistir sempre, ainda mais eu que sou mega perseverante e não desisto nunca do que "realmente quero". Q. bom q. agora estará sempre comigo no meu Blog... Eu não te largo mais. Fiquei enlouquecida com este post, amor a dois...Mais um dia eu li, que podemos amar mais do que uma pessoa ao mesmo tempo... será? Bjitos...

Daniel Costa disse...

Renata

Creio que a essência do verdadeiro amor é a intimidade, estar-se sós, "só nós - tu e eu - só eu e tu!"
Isto será um amor vivido e sentido.
Beijos
Daniel

Ricardo Calmon disse...

Poema en pas de deux!

JÁime!

Merci!

Viva Vida!