sábado, 31 de outubro de 2009

ÍNDIOS





ÍNDIOS
Legião Urbana/Composição:Renato Russo

Quem me dera

Ao menos uma vez

Ter de volta todo o ouro

Que entreguei a quem

Conseguiu me convencer

Que era prova de amizade

Se alguém levasse embora

Até o que eu não tinha

Quem me dera

Ao menos uma vez

Esquecer que acreditei

Que era por brincadeira

Que se cortava sempre

Um pano de chão

De linho nobre e pura seda

Quem me dera

Ao menos uma vez

Explicar o que ninguém

Consegue entender

Que o que aconteceu

Ainda está por vir

E o futuro não é mais

Como era antigamente

Quem me dera

Ao menos uma vez

Provar que quem tem mais

Do que precisa ter

Quase sempre se convence

Que não tem o bastante

Fala demais

Por não ter nada a dizer

Quem me dera

Ao menos uma vez

Que o mais simples fosse visto

Como o mais importante

Mas nos deram espelhos

E vimos um mundo doente

Quem me dera

Ao menos uma vez

Entender como um só Deus

Ao mesmo tempo é três

Esse mesmo Deus

Foi morto por vocês

Sua maldade então

Deixaram Deus tão triste

Eu quis o perigo

E até sangrei sozinho

Entenda!

Assim pude trazer

Você de volta pra mim

Quando descobri

Que é sempre só você

Que me entende

Do início ao fim

E é só você que tem

A cura do meu vício

De insistir nessa saudade

Que eu sinto

De tudo que eu ainda não vi

Quem me dera

Ao menos uma vez

Acreditar por um instante

Em tudo que existe

E acreditar

Que o mundo é perfeito

Que todas as pessoas

São felizes

Quem me dera

Ao menos uma vez

Fazer com que o mundo

Saiba que seu nome

Está em tudo e mesmo assim

Ninguém lhe diz

Ao menos obrigado

Quem me dera

Ao menos uma vez

Como a mais bela tribo

Dos mais belos índios

Não ser atacado

Por ser inocente

Eu quis o perigo

E até sangrei sozinho

Entenda!

Assim pude trazer

Você de volta pra mim

Quando descobri

Que é sempre só você

Que me entende

Do início ao fim

E é só você que tem

A cura pro meu vício

De insistir nessa saudade

Que eu sinto

De tudo que eu ainda não vi

Nos deram espelhos

E vimos um mundo doente

Tentei chorar e não consegui


AMORES IMPOSSÍVEIS





O que torna os amores impossíveis mais bonitos é justamente a impossibilidade. É esta que atrai. A dificuldade nos impulsiona, nos motiva, exatamente como o perigo, as pessoas gostam de se medir pelas dificuldades porque têm necessidade de provar que são mais fortes. Assim, quanto mais difícil, mais o amor parece ser maior, excepcional e único. E quem não quer viver algo grande, excepcional e único? Num amor impossível cabem todos os sonhos, todas as perfeições, o mínimo detalhe é idealizado. Pomos na cabeça que aquela pessoa é exatamente o que esperamos da vida, ainda que tudo pareça contra. Esse amor fica para sempre, mesmo se outros amores vêm e vão depois...e deixa aquela sensação de inacabado que nos persegue para sempre. Creio que no quebra-cabeças da vida é aquela pecinha que fica faltando para completar o todo e mesmo se as noventa e nove outras estão lá, é aquela que falta, só aquela que deixa a dorzinha estranha que não sabemos, mas que sentimos de forma tão nítida e clara. Acontece de um amor impossível tornar-se possível e isso quase sempre rouba a magia do sentimento; inconscientemente muitos sabem disso, o que leva algumas pessoas a preferirem viver um amor impossível, que dá satisfação, a um possível, que pode abrir os olhos para a realidade. Porque uma vez que o amor se torna possível, acaba a expectativa, acaba o sonho... e o homem foi feito para ter sonhos, para esperar por eles. O que explica o porquê de uma pessoa amar outra pela eternidade e nunca se declarar, e de certos amores virtuais preferirem continuar no virtual. Um amor impossível pode marcar uma pessoa mais do que toda uma vida vivida ao lado de outra e no Outono da vida, quando o passado se faz mais presente do que o próprio presente; é aquele amor que vai fazer brilharem os olhos e lembrar ao coração que ele ainda bate. O impossível é belo como o arco-íris, o horizonte, o céu, o infinito, que mantém acesa a chama no coração do homem e o faz sentir-se vivo. Existem amores que são impossíveis...mas nem por isso deixam de ser amores.




sexta-feira, 30 de outubro de 2009

SEMPRE É TEMPO DE SER FELIZ




SEMPRE É TEMPO DE SER FELIZ

Teu charme é luz que seduz
Em sorrisos de plena alegria
Tua beleza desfila a clara manhã
De cintilantes majestades
E as horas passam depressa

 Tão ligeiras tão saltitantes

 Qual suave vento do mar
Dizendo que tua vida encanta
Tua inteligência vibra e voa
Pairando em desfiles de pura poesia
Por onde passas por onde vives
Deixarás saudades e lembranças

 Definitivas
Sempre é tempo de ser feliz
® Renata Cordeiro





AMOR SEM FIM - U2




AMOR SEM FIM
U2

Corações desencaminhados

Igualei-me a eles

Quando fui embora

Bem quando precisaste tanto de mim

Não te vais arrepender

Voltarei pedindo

Não te esqueças!

Dá as boas-vindas ao Amor 

que uma vez conhecemos

Sim

Abre os olhos

E verás

Por que eu disse que o meu Amor

Era sem fim

Preciso-te ao meu lado

Vem ser meu Amor Amado

Jamais serás rejeitado

Amor sem fim

Desde o começo

Abre o coração

Sente o Amor que tens

Amor sem fim

Amor perdura

Amor perdura

Corações desencaminhados

Igualei-me a eles

Quando fui embora

Bem quando precisaste tanto de mim

Não te vais arrepender

Voltarei pedindo

Não te esqueças!

Dá as boas-vindas ao Amor 

que uma vez conhecemos

Sim

Quando o Rio do Amor flui

Ninguém realmente sabe

Até que alguém esteja lá para mostrar
O caminho do Amor duradouro

Como o sol o Amor brilha

Incansavelmente o Amor brilha

Sempre serás meu Amor

Amor eterno

Onde quer que o Amor tenha errado

O nosso Amor ainda é forte

Tivemos o nosso próprio Amor

Amor sem fim

Amor perdura
Amor perdura

Abre os olhos

E verás

Por que eu disse que o meu Amor

Era sem fim

Preciso-te ao meu lado

Vem ser meu orgulho

Jamais serás rejeitado

Amor sem fim

Desde o começo

Abre o coração

Sente o Amor que tens

Amor sem fim