segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

UM ÚNICO MOMENTO DE BELEZA E AMOR



UM ÚNICO MOMENTO DE BELEZA E DE AMOR

Compreendi que a vida não é uma sonata que, para realizar sua beleza, tem de ser tocada até o fim. Dei-me conta, ao contrário, de que a vida é um álbum de minissonatas. Cada momento de beleza vivido e amado, por efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada à eternidade. Um único momento de beleza e de amor justifica a vida inteira. Rubem Alves

Desconheço o título original.

Arranjado por Renata M. P. Cordeiro

35 comentários:

Me permita disse...

Oi, querida Rêloirinha!

Lindo tópico! Me encantam os textos de Rubem Alves! Até já postei alguns, dê uma olhada no meu blog!

Me permita deixar essa frase de Pessoa que se casa perfeitamente com o teu texto:
"As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido".

Fernando Pessoa

Faça essa experiência, feche os olhos e sinta a brisa soprar sob teu rosto e teus cabelos... A felicidade está nas pequenas coisas...

Bjo, e boa segunda!

Marta disse...

Aquele momento...aquela palavra, o desejo, o sorriso e tudo fica guardado na memória, porque se está feliz...
Lindo, Renata...
Beijos e abraços
Marta

Lis. disse...

Talvez você não tenha percebido muitas coisas que passaram por ti, no decorrer desta frenética corrida da própria vida.

Uma delas -imagino- seja a forma de se levantar. À principio sempre haverá um início de um começo que nos conduzirá à um principio de apoio louvável.

Vale apenas procurar firmeza, ou simplesmente acreditar, pois o poder de acreditar se traduz como fé, e a fé remove montanhas, mesmo quando é preciso usar dinamite. (rsrs)

Franzé disse...

oi Fada.
Beijos.




PS. Não entendi o que vc quiz dizer com "Linkar".

Luciano Braz disse...

Oi minha amiga, realmante a vida não é uma sonata é bem mais intensa ... robusta ...

E vc como esta? espero que muito bem viu.

Então vim aqui te visitar, desejar um belo dia e dizer que sua amizade é muito positiva. Seu espaço é sempre belo e peço desculpas por tamanha ausencia, mas a vida anda muito corrida, muitas vezes passo pelos blogs que acompanho leio , admiro, sinto, mas não deixo considerações. O seu é um destes espaços.

Super abraço e otima tarde, esta musica transmite calma e vontade de ficar quietinho né ? rsrs

Luciano Braz

Lis. disse...

A maneira de ser imediatista é uma filosofia de vida, e para uns é difícil aceitá-la.

É bom aceitá-la primeiro, sobretudo na inexistência de cumplices na altura da consciência que tens.

Vale a pena viver qualquer momento, por não termos idéia de qual será exatamente o último, porém sempre considerando a seriedade que a vida nos cobra e quer.

Hod disse...

Em Kairós divinizar a fragrância fugaz do momento é eternizar o sabor do desejo.
Se permitir deixo pra ti Eugênio de Andrade.

" Creio que foi o sorriso,
o sorriso foi quem abriu a porta.
Era um sorriso com muita luz
lá dentro, apetecia
entrar nele, tirar a roupa,ficar
nu dentro daquele sorriso."

Delicia sempre estar aqui.

forte abraço querida Rê com muitas bençãos!!

Hod.

Franzé Oliveira disse...

Minha menina passei a te seguir.
Meu link é www.franzeoliveira.blogspot.com

Beijos no coração.

Andréia A disse...

Oi amada!1
obrigada por sua presença tão amada mais uma vez lá no meu blog!!
Beijao florzinha@@

Sonhadora disse...

Minha querida Renata
Lindo...adorei.

Beijinhos
Sonhadora

prosasdeoutono disse...

Olá Rê

" Um único momento de beleza e de amor justifica a vida inteira "...para a vida inteira, preciso de muitos momentos de amor...

Beijos
Alex

O Profeta disse...

O troar do trovão, esta incessante chuva
As estrelas choram todas as mágoas na terra
Onde param os Anjos, porque não nos acodem os Santos
O mal e o bem porfiam esta eterna guerra

As casas do sul ruiram todas
Tal como a esperança desesperada
Toquei no rosto de uma criança triste
Senti uma paz surgir do nada


Mágico beijo

Lis. disse...

Vale um gesto mais que mil palavras?

Palavras são o que de mais fácil sempre sairá da boca das pessoas. Nós quando ainda éramos crianças falavamos mais do que ouviamos.

Talvez -hoje mais do que nunca- ensinar a ouvir seja o maior de todos os desafios que surgiram no decorrer dos tempos.

Todos querem falar e ninguém quer ouvir, o que somente constrói uma gigantesca multidão de solitários.

Ameniza-te porque rios correrão para seu mares, enquanto a chuva caí nos prados, mas a idéia dos sonhos nunca morre. Vivifica-te, preenchendo-te plenamente com o sabor do acalanto destinado.

Em nome de Jesus, o Cristo.

Isa disse...

Tenho alturas que preciso de dizer às pessoas quanto as AMO!!
Depois...fica um nó na garganta q. não deixa sair um único som...
Depois...
Beijo.
isa.

O Profeta disse...

És realmente um espanto de pessoa...deve ser doce privar contigo...


Beijinho

Luciana disse...

Oi Rê

Que bonito amiga gostei.

Sinta-se a vontade de aparecer quando tu quiser e puder ok?

Obrigada pelo comentário.

Bjão

Lu

Humana disse...

Não podia estar mais de acordo, querida Renata.
Temos que viver intensamente os momentos bons que passam a correr. O relógio não pára nunca!
Um beijo grande e cheio de carinho.

Desnuda disse...

Amiga, gosto muito de Rubem Alves e aprecio a sua inteligência, afetividade e sensibilidade.

Linda semana. Carinhoso beijo

O Profeta disse...

"ventura.armando@hotmail.com"

msm



Doce beijo

Emerson Donizeti Batista disse...

Bela postagem!
Adoro o Rubem Alves. Lembro de uma palestra que asssisti muuuuuito tempo atrás em que ele falava sobre a vida e a morte. Nela ele disse uma coisa que me marcou muito, que como a vela a gente vive e brilha enquanto se consome.

Graça disse...

Querida amiga,

Mais uma partilha com a sua marca... palavras sábias, as de Rubem Alves, autor que eu muito gosto, deve imaginar porquê :)).

Beijo de boa noite, querida Renata.

Branca disse...

Cada momento vivido é uma experiência única...

Adoro a simplicidade de Rubem Alves!

Excelente semana pra vc...bjo!

cristinasiqueira disse...

Oi Amada,
Bom ler Rubem Alves neste teu canto de amor e paz.

Com carinho,


Cris

Majoli disse...

Que linda escolha...aqui é tudo sempre tão gostoso, dá vontade de vir e ficar.

Me sinto bem aqui.

Beijos com carinho.

Estela disse...

Gosto do jeito de escrever do Rubem Alves.
Beijocas.

Genny Xavier disse...

Querida Renata,
Ainda bem que existe A VIDA, para que nos permita justificar a eternidade dos belos e únicos momentos de amor...Ainda bem que existe O AMOR, que justifica a vida.
Agradeço sua visita ao meu "baú", retorne sempre.
2010 repleto de muitos momentos "únicos" de beleza e amor.
Beijos,
Genny

Daniel Costa disse...

Renata

Adorei o post nas suas ilustrações muito sugestivas, em relação ai poema. De facto um simples momento de beleza e amor, pode significar a quanto merece a pena a vida.
Beijos
Daniel

Everson Russo disse...

Que poema mais lindo, tão lindo quanto voce....a vida é pra ser vivida, corrida ou não, desafinada ou não,,,a gente tem que correr sempre em busca da felicidade plena....beijos moça bonita e um dia lindo pra ti.

Olavo disse...

E isso é a vida..e para mim ela ja valeu.
Beijão

lita duarte disse...

Renata,

Lindo, lindo!

Beijos.

Mariazita disse...

Querida Rê
Maravilhoso, este texto de Ruben Alves. Eu sou sua admiradora incondicional. Já postei, no meu blog "Casa" um texto dele, sobre a forma de ensinar as crianças. Fabuloso!

Até sempre, amiga de coração.

Beijinhos acinhosos
Mariazita

Maria Bonfá disse...

que lindo ! momentos de amor devem ser vividos em plenitudes.. valem a pena.. beijão e um lindo dia para ti

Cleo disse...

Lindo Renata, mas podemos fazer das sonatas uma grande sinfonia, somando, dividindo, a vida é pra isso.
Grande beijo.
Cleo

BANDEIRAS disse...

Minha querida amiga,

A vida é um enígma que tentamos desvenda-lo todos os dias e quem desvenda-lo totalmente, não terá mais sentido viver.

Mega Beijo

Prof. Sergio Ricardo disse...

A leitura dos seus posts são colírios aos olhos e mansidão para nossas almas.... demais Renata... te ofereço minha amizade! bj e ótima semana...