sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

QUISERA EU SER POETA, MAIS POETA



QUISERA EU SER POETA, MAIS POETA


ESTE É APENAS MAIS UM POST. NINGUÉM ME DISSE QUE NÃO SOU POETA. ALIÁS, TAMPOUCO EU*


Quisera eu ser poeta, mais poeta
Do que já sou, para cantar num verso,
A grandeza da vida...E ter liberta,
A alma a esvoaçar pelo Universo.


Quisera eu ser um passarinho errante,
Que voa...Voa sempre e nunca pára,
Para buscar, em algum lugar distante,
A inspiração mais linda, pura e rara.


Pois tenho um sonho...Um sonho irrealizável...
De querer ponderar o imponderável,
De me atrever ao que ninguém se atreve:


Eu quero a todo custo e afoitamente,
Descrever o sabor de um beijo ardente,
Que todos sentem, mas ninguém descreve.



Sá de Freitas

Muito obrigada a todos que por aqui passaram e que passarem.

A quem não retribui as visitas, logo que puder, assim o farei.

Beijos*

Bom Dia a todos nós*************
 

35 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
quisera eu
ser Sá de Freitas !
,
conchinhas floridas,
deixo,
,
*

Andréia A disse...

Bom dia minha Querida Amiga!!!!

Passando para dizer que:

Queria eu encontrar uma amiga linda m sincera e meiga ...

Encontrei !!!
O nome dela é Renata!!!


Amo Você e um lindo dia amiga!!

bjss

Everson Russo disse...

Sabe,,,eu não sei o que pensam os poetas...mas acredito que ser poeta é ter uma percepção maior de tudo que nos rodeia...isso tambem pode ser loucura...loucura de ter que ver cores onde realmente não há...beijos moça bonita,,,fique bem,,,esteja sempre bem,,,,lindo final de semana pra ti.

Ju Fuzetto disse...

Oi Amiga Renatinha!!!

Que lindo!!!!!!!!!!

Tenha um bom final de semana!
Obrigada pelo carinho lá no meu blog!!!

Vc é uma pessoa super especial!!

Fique com Deus!!!

beijocas

Mariazita disse...

Rê querida
Ando com falta de tempo...mas sempre se arranjam uns minutinhos para vir "beber" a bela poesia que você nos serve,
Este poema de Sá de Freitas é muito bonito; aliás, gosto muito da poesia dele. Tem um poema que eu gosto especialmente "Diálogo entre a Terra e uma estrela". Talvez a publique no meu "Lírios", quanto acabar o actual ciclo.

Queridinha, senti sua falta na minha "Casa" :(((
Gostava muito que fosse lá, tenho uma curiosidade enorme em saber a sua opinião...

Beijinhos de mel
Mariazita

Marcos Andrade disse...

Bom dia, querida!

Te amo!

PS: Quem foi que disse que vc não é poeta - e das boas?

rsrsrsrs...

Xanele disse...

Renata
Pura inspiração
beijo amore

HSLO disse...

Mas você é uma brilhante poeta.


abraços


Hugo

Maria Bonfá disse...

oi querida..ainda dodoi? espero que esteja melhor.. saudade.. e vc é uma poetisa.. tudo o que vc escreve vira poesia.. tudo fica encantado e me encanta..beijão

Graça disse...

Que soneto mais lindo... não conhecia! "para cantar num verso, A grandeza da vida..."_____ é isso mesmo.

Minha querida, que bom saber notícias suas e ainda bem que vai tudo melhorando, por aí.

Um beijo de carinho e cuide bem de si.

Sonhadora disse...

Minha querida
Muita inspiração.
deixo um beijinho, com todo o meu carinho.

Sonhadora

Vivian disse...

...trago apenas abraços
e beijos de gostosa energia.

é o que tem pra hoje...rsrsrs

adoro você, feiura!

Delirius disse...

Yes honney, I can hear you :)))
I will return later!
Kiss you

Delirius disse...

Fantástico este teu poema! E tem uma Luz imensa, na paixão da Terra!

Um beijo, desta filha pródiga, que sou eu, às vezes! :))

Marcos Andrade disse...

Muitos, muitos beijos de amor na Renatinha!

rsrsrs...

A.S. disse...

Minha querida... um beijo é indescritível!
Mas tu, linda poeta, és charmosa e sensual!

AL

Celina disse...

OI QUERIDA UM FIM DE SEMANA BEM LEGAL PARA VC. UM ABRAÇO CARINHOSO DA AMIGA CELINA.

Isa disse...

Abraços,beijos é o k quero deixar aqui! Como era bom que o oceano encolhesse para chegar aí...
Beijo.
isa.

Amapola disse...

Boa tarde.
Beleza também é poesia.

Um grande abraço.

Felina Mulher disse...

Belíssima escolha Renatinha...se cuidando?


Lindo dia pra ti tbm querida...acho que peguei a terrível gripe...de cama!


beijos.

Daniel Costa disse...

Renata

Quisera eu se poeta sonho e que o meu sonho se cumprisse e que dia sempre florisse.
Desde onte à noite não tinha Net. Só tenho desde há pouco. Era problema servidor, mandou técnicos, que resolveram.
Beijos
Daniel

Lou a esquizoffrenica disse...

Querida Renata não sei o que se passa , mas não consigo ler nada do post, de qq das formas deixo um beijão. Tens Orkut ?

Marcos Andrade disse...

Saudade da Renatinha...

Marcos Andrade disse...

Saudade da Renatinha...

Ava disse...

Creio que todos nós gostariámos de ser Sá de Freitas...

Que belíssim0o esse poema!

Voce sempre trazendo o que há de mais belo e sensível para nós...


Beijos para voce!

Humana disse...

Um lindo poema!
Deixo-te um beijinho doce. Espero que estejas bem.;D

Gil Moura disse...

Olá, Renata!

Quisera eu ser
Poderoso e forte
Ser cais, ser navio
Ser o vento norte...

Lindo!

Beijinhos e bom fim de semana!

Gil

xistosa - (josé torres) disse...

Gosto imenso de Sá de Freitas e este soneto é uma eloquência.

Obrigada pela visita e um bom fim de semana.

(Eu não estou mais no "UCOMETA" e como não recebo os comentários no e-mail, só agora vi o que escreveu.
Penitencio-me pelo atraso.

Luciana disse...

Oi Rê


Tudo bem contigo?

Gostei da postagem e da imagem.

Publiquei no de filmes e no meu pessoal se tu quiser dar uma olhada fica a vontade.

Bjs e boa noite amiga

Lu

JADY*ALVES disse...

E estava hoje inspirada essa minha amiga poeta Sim! Poeta linda e admirada.
Vim deixar um carinho e desejar que tenha lindos e leves sonhos.
Voa poesia voa... E leva até ela um beijo terno com sabor de amizade.

Abraços e carinhos da Jady pra tí doce amiga.

Hod disse...

Olá Rê em abril faço um ano de aprendiz de blogueiro.
Ainda não aprendi versejar e twitar. Quanto a ser poeta posso apenas dar uma pista, como esse exemplo.

Ser poeta

Florbela Espanca


Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Beijos queida Rê com muitas bençãos.

Hod.

Bandys disse...

Moça linda, deixo um meu pra voce
***********************************

Sou uma mistura de sentimentos...
Sou pedaços de céus com punhado de terra
Sou oceano azul e o verde da montanha
Às vezes estou muito perto outra sou deserto
Sou antídoto e sou veneno
Às vezes sou presença e em outras sou ausência
Sou inteira, sou metade, sou saudade.
Sou estrela e sou o breu
Às vezes sou você, mas também sou eu.
Sou sorriso e às vezes sou a lágrima
Sou essa mistura de sol ardente com trovoada.
Às vezes sou tudo, em outras nada.
(Bandys)

Bandys disse...

Nossa eesqueci dos beijos e te desejar um dia feliz

Layara disse...

Menina Renata, Voce é uma artesã das palavras e molda-as com beleza infinita!


beijoos!

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ® disse...

Minha poetisa, te adoro e tudo que escreve é poesia, beijos !!!