terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

VIA-LÁCTEA




VIA-LÁCTEA 



Quando adivinha que vou vê-la, e à escada
Ouve-me a voz e o meu andar conhece,
Fica pálida, assusta-se, estremece,
E não sei por que foge envergonhada.

Volta depois. À porta, alvoroçada,
Sorrindo, em fogo as faces, aparece:
E talvez entendendo a muda prece
De meus olhos, adianta-se apressada.

Corre, delira, multiplica os passos;
E o chão, sob os seus passos murmurando,
Segue-a de um hino, de rumor de festa…

E ah! que desejo de a tomar nos braços,
O movimento rápido sustando
Das duas asas que a paixão lhe empresta.


Olavo Bilac - XXXIV

22 comentários:

mixtu disse...

as asas
o vôo...

numa via...

celeste...

voar...

gritar...

cá em baixo ouve-se o eco da montanha...

voooooaaaaaa


abrazo serrano

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Aviso aos 300 mil visitantes que passarem por aqui.
A caminho da mesa do almoço, escorreguei com os chinelos que agora tenho de usar. Sempre gostei de andar descalça, mas já não posso. Bati o queixo e os joelhos. Já fui à clínica e me pediram xerox do corpo todo. Ainda vou fazê-los, mas já estou medicada. À noite, tenho consulta com a minha médica particular.
Retribuirei às visitas assim que puder. Até tenho medo de falar, pois as palavras que me saem não são lá muito bonitas. São de raiva!
Beijos e Bom Hoje a todos.
Renata

Rosemari disse...

Renata

Que poema magnífico??Os versos seguem em uma cadencia maravilhosa.
Adorei!!

Majoli disse...

Adorei o soneto minha querida.

Pôxa, que chato isso que aconteceu com você minha querida amiga, se cuide e me dê notícias tuas depois, tá bom?
Beijos no teu coração.

Teadoro.

Felina Mulher disse...

Oh minha menina, que noticia essa que me deste!Espero noticias tuas...que acontece?

Fica com Deus e minhas orações.

Eduardo disse...

Com uma Via Lactea assim até as pedras das calçadas soltam ais de prazer

Beijo doce

Sonhadora disse...

Minha querida
Lindo poema...adorei.
Espero que melhores.

Beijinhos
Sonhadora

Lou a esquizoffrenica disse...

Minha querida espero as tuas melhoras rápidas. Às vezes a vida prega partidas desagradáveis não é ? Fico à espera de noticias das melhoras. Beijo

Marcos Andrade disse...

BEIJOOOOOO!!!

TEADORO!!!

MAISLINDAQUEACHARLIZETHERON!!!!!

VOLTO À NOITE

Vivian disse...

...Renatita querida linda,
esqueceu-se que estava de pé,
e 'bucutm' no chão?

rsrsrs

cuide-se amore mio!

...)o que acontece com seu celular
que não atende?

beijos, coisa horrorosa!

Nós do blog disse...

Sempre linda!
Bjus

Andréia A disse...

Oi querida to passando para lhe desejar melhoras

assim que puder me de noticias

Amo vc

JADY*ALVES disse...

Belo poema querida Rê,
intenso como deve ser a nossa vida, repleta de poesia.
Relembrando teu poema...
... Não, não lamente nada, passou, ja aconteceu, você supera.
Porque é forte, porque é humana, porque é amada.
Nos tropeços da vida é que percebemos o quanto somos fortes.

Beijos e carinhos meus.
jady

Daniel Costa disse...

Renata

Desejo que não se desvaneça o sentido optimista que tens demostrado, uma atitude corajosa a revelar fibra de uma mulher de mente superior.
Gostei do poema de Olavo Bilac.
Beijos
Daniel

Ju Fuzetto disse...

Lindo, lindo, Lindo!!!

Seu cantinho irradia uma luz maravilhosa...

Adorei!!!

Ah espero que estejas melhor....

Parabéns de coração seu espaço é show!!!
beijos

FOTOS-SUSY disse...

OLA QUERIDA RENATA, MAGNIFICO POEMA...UMA LINDA ESCOLHA...ADOREI...ESTAS MELHOR AMIGA?
ESPERO QUE SIM...QUE TENHAS UMA BOA SEMANA!!!
BEIJOS COM MUITO CARINHO,


SUSY

Zé Carlos disse...

Te adoro Renatinha sempre linda.... vou furtar algumas coisas suas....

Vc é maravilhosa e por isso te adoro... ZC

Thomas Albuquerque disse...

Pra variar,
mais um selinho pra você no meu blog, moça.

beeeijos

Graça disse...

Um bonito soneto...mas, minha amiga, em vez de andar pela Via Láctea, acaba no chão??? Assim não vale!!!

Beijo grande e cuide bem de vc...

Tatiana disse...

Lindooooo Rê!
Uma postagem muito bela!

Beijos com meu imenso carinho

lita duarte disse...

Renata,

Que belo.

Beijos.

Marcos Andrade disse...

Será que a minha Rêlinda já curou do dodói?

Smack!!

rsrsrs...