terça-feira, 30 de março de 2010

CANÇÃO GRATA**************






CANÇÃO GRATA

Almada Negreiros, salvo engano, segundo um leitor, a quem agredeço muito*


Por tudo o que me deste


inquietação cuidado


e um pouco de ternura


é certo mas tão pouca


Noites de insónia


Pelas ruas como louca


Obrigada, obrigada


Por aquela tão doce e tão breve ilusão


Embora nunca mais


Depois de que a vi desfeita


Eu volte a ser quem fui


Sem ironia aceita


A minha gratidão


Que bem que me faz agora


o mal que me fizeste


Mais forte e mais serena


E livre e descuidada


Sem ironia amor, obrigada


Obrigada por tudo o que me deste


Por aquela tão doce

e tão breve ilusão

Embora nunca mais

Depois de que a vi desfeita

Eu volte a ser quem fui

Sem ironia aceita

A minha gratidão


30 comentários:

Luciana disse...

Oi Rê
Tdo bem contigo?
Aprendi a conhecer a Florbella e outros pelo teu Blog muito bonita a postagem.
Bjs Lu

Amapola disse...

Boa noite, princesa.
Você; de camisa branca, está linda! Parece modelo...

A imagem dessa moça, com esse vestido azul, é um show!

Um grande abraço. Felicidades!

Lou a esquizoffrenica disse...

volto para dizer que adorei a canção que me deixaste nos comentários, adoro mesmo aquela nossa canção.

Lou a esquizoffrenica disse...

Renata adoro florbela espanca, tu sabes e esta canção grata diz tanto não é? pena que ás vezes não possa ser tudo como a gente quer. Beijos enormes no teu coração.

Zé Carlos disse...

Um beijo Renatinha, vc sempre merecendo cumprimentos... vc é linda, bjs do ZC

Jortas disse...

A grata ilusão
E como uma estrela que pensamos puder colher com a mão.
A experiência diz que não é assim, mas continuamos a tentar.
Isso é a vida, mesmo quando não temos mais ombros para suportar.
A vida é afinal uma grata ilusão.
Platão já o dizia. Tudo era sombra de uma outra dimensão.
Bjs

José disse...

Por tudo o que me deste
desde o dia que te vi
nunca mais me esqueceste
eu lembre-me sempre de ti

trazes-me sempre poesia
para mim puder ler
é para mim uma alegria
nunca te irei esquecer

Boa noite dorme bem
um grande beijo,
José.

JADY*ALVES disse...

Canção Grata, florbela Espanca e a Rê nos enchendo os olhos com tanta beleza poética e imagem.
Amei o Unicórnio é minha cor preferida sabia?
Por tudo que me destes...
Beijos ternos e meu carinho por vc.
Obrigada!
Jady

Sonhadora disse...

Minha querida
Florbela...é emoção.
Linda postagem.

Beijinhos
Sonhadora

Pérola disse...

Amiga,me perdoe mas eu deletei um comentário meu.
Pois já começaram a fazer perguntas e ñ quero expor o meu estado emocional.
Estou apenas melancólica só isso.
Delete por favor.
Beijokas.

Pérola disse...

Boa noite minha linda.
Vim te deixar o meu beijo e lhe agradecer o carinho.
Um beijo grande.

Blue disse...

A minha gratidão,
pelos versos recebidos.......

Boa noite com beijos.

Daniel Costa disse...

Renata

Um dos belos poenas de Florbela Espanca, o que tavez não saibas é ter sito mmuito divuldado na voz uma grnde cançoneststa, alentejana como ela. Fez sucesso, porém não consigo lembrar nome. Curioso, por outa cançáo, quis lembrar o nome da intértrete, a mesma, mas varreu-sese mesmo. Eu que consigo lembrar tantas coisas e o nome desta artista não.
Beijos
Daniel

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Renata, espectacular....
Beijos

Everson Russo disse...

A vida é assim mesmo, temos que agradecer a tudo,,,até mesmo aquelas coisas que nao nos são boas,,,,mas o bom mesmo dessa vida são as peossas especias que encontramos,,,,eu por exemplo, encontrei voce.....beijos de bom dia.

Déia disse...

Bom dia Flor ..

Meu outro blog sumiu :( e tive que fazer outro aff.
Mais ta Tudo bem ..

Passando para te deixar um beijo

*lua* disse...

Olá ... (voz embargada)

Li seu post (De minha Vida) ... nessa hora me falta palavras menina ... me faltam sim ... através do anjos sinto a inspiração para lhe dizer:

Vida eterna à todos ... mas entender isso é não dar muita importância para este mundo o qual estamos, apenas a importância necessária para nossa depuração ...
Cada um de nós está aqui por um propósito e um tempo determinado ... agora saber a resposta para essas duas questões ... ah a primeira temos uma vida inteira para sentir e perceber para qual caminho ir e a segunda ... puxa eu não quero saber ... e nem vc não é mesmo? Te falaram algo ... mas vc está aí linda, forte, cheia de amor, carinho de sobra, será que quer saber? quem se importa não é mesmo??? Hoje é mais importante que ontem e a cada segundo já é o futuro ... então vivemos o futuro e ele é lindo lindo lindo!!!

Florzinha te adoro!!!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Tenho uma frase pro´pria que procuro estar sempre aplicando a mim memso. ' Às vezes me pergunto se aa gratidão é uma obrigação ou um dom.Talvez as duas coisas, mas torna-se mais bonita quando é um dom'. Belo poema de Florbela, um tanto quanto diferente, ela que lamenta muito. Parabéns renata.Como algúem disse acima. Minha gratidão por nos presentear com essa beleza. Beijos

Paulo Braccini disse...

inquietação, ternura, amor ... como Florbela se entrega com tamanho sentimento a seus escritos ...

lindo

bjux

;-)

wcastanheira disse...

Oi minha doce amiga virtual, vc tem orkut? Adoro seus comentários levam-me ao delírio gostoso da fértil imaginação, este último vc abusou, caho aquela letra e música, d+++, uma loucurinha eu sei q vou t amar desesperadamente vou te amar...e te amo, assim deste jeitinho, amo ao mundo, a vida, a cada chance de viver q DEUS dá-me a cada dia, a esta loucura q é o mundo e as amizades dos blogs q descobri já aos cinquenta anos, mas quem disse q tio não tem direito às maravilhas da vida pode ser depois dacurva, o impotrtante é q vivo com intensidade, com garra e determinação, descobro a cada dia as belezas de viver com amor e caridade, sou um pouco assim, como dizer malicioso no q escrevo, mas o q fazer se ainda não aprendi a contar histórinhas e qdo conto termina sempre o lobo mau deixando a vovózinha de lado, ele parte pra cima da chapéuzinho e qdo o Joãozinha e a Mariazinha vão pra mata acabam fazendo amor e sela se lambusa toda das coisas do Joãozinho, sei lá sou muito indiscreto, mas adoro suas visitas e sou um viciado em vc, pra vc minha linda bjos, bjos e bjossssss bem lambuzadinhosssssss

Felina Mulher disse...

Loirinha ,tens um blog fantástico... adoro ler o que escreves... um dom fantástico que possuis...Adoro Florbela!

beijos e vamos que vamos.....

Maria Bonfá disse...

oi querida.. poema lindo.. fiquei emocionada.. desejo que seu dia seja maravilhoso cheinho de amor e paz..beijão

فشكووول disse...

Renata Beauties

Sem ironia aceita


Cinismo, que são pagos para a melhoria dos dentes pode ser aceitável e pode ser necessário

Saudações

Anne Lieri disse...

Renata,que linda poesia!Um toque de ironia,necessário em alguns momentos da vida!Obrigada por postar meu selinho por aqui.Já peguei o seu tb e vou postá-lo no estrelinhas!Aliás,adorei a musica que postou por lá:tb sei que vou te amar,menina linda!Bjs,

Déia disse...

Boa Tarde |o/

Passando para deixar um beijo de boa tarde
:D

Graça disse...

E devemos agradecer, sim, porque vamos aprendendo... adoro Florbela Espanca.


Minha querida Renata, um beijo imenso de carinho e uma magnífica Páscoa [vou estar ausente uns dias :)]

Mariana disse...

que música suave, gostosa, dá até vontade de ficar por aqui, só curtindo.

Hod disse...

Interiorizar, na busca por espaços. Insólito posto que não é um destino.
Florbela em sua maestria sempre traz no traço poético uma singela alegria.

Estive tb apreciando o new Lay do Unicórnio. E Ler o Menino Poeta Mário Quintana numa de suas mais lindas Quintares.

Grato por sua visita e o mimo que deixou.

Beijo pra vc e Feliz Páscoa.

Hod.

JS TREINAMENTOS VAREJO disse...

Ah bom, beleza e bom gosto não faltam por aqui...
Continue assim...
Bisous!
Feliz Páscoa!

Sérgio Luís de Carvalho. disse...

Olá, a todos
Permitam-me um esclarecimento. O poema "Canção Grata" não é de Florbela Espanca, mas sim do poeta Carlos Queirós, poeta do movimento "Presença" e amigo de Fernando Pessoa. É um erro comum. Cordiais saudações