sábado, 6 de março de 2010

SE O HOMEM PUDESSE DIZER














SE O HOMEM PUDESSE DIZER 
Liberdade não conheço outra senão a liberdade de estar preso a alguém 
Cujo nome não posso ouvir sem um calafrio; 


Alguém por quem me esqueço desta existência mesquinha,



Por quem o dia e a noite são para mim o que queira,



E o meu corpo e espírito flutuam no seu corpo e espírito



Como troncos de árvore perdidos que o mar submerge ou levanta



Livremente, com a liberdade amor,



A única liberdade que me exalta,



A única liberdade por que morro.



Tu justificas a minha existência:



Se não te conheço, não vivi;



Se morro sem te conhecer, não morro, porque não vivi.






Pablo Neruda

33 comentários:

Maria Bonfá disse...

que poema lindo ! Liberdade não conheço outra senão a liberdade de estar preso a alguém
Cujo nome não posso ouvir sem um calafrio;

uma confissão tão apaixonada. eu ia ficar muito feliz se eu a ouvisse..parabens pela escolha.. beijão

evandro mezadri disse...

É uma bela poesia, um grande trabalho do Neruda.
Justa homenagem.
Grande abraço e sucesso!

José disse...

Olá Rê,
Pablo Neruda grande poeta e homem da liberdade.

Se não te conhece não vivi
não posso ir mais além
só posso chegar até aqui
e mesmo assim me sinto bem

grande beijo,
José,

*** Cris *** disse...

Lindo poema!
Bom fim de semana!

prosasdeoutono disse...

Querida Renata,

Como é bom estar "preso" a alguém, com esse alguém sempre no coração...A vida tem outro sentido

Beijinhos
Alex

Marcos Andrade disse...

Hm... tá apaixonada, é?

Nem me conta nada, né?

:((

Isa disse...

Bom Fim de Semana.
Vi o vídeo e está belíssimo.
Hei-de aprender...quem sabe, um dia!
Beijo.
isa.

Nilson Barcelli disse...

Escolheu um magnífico poema.
De um grande autor.
Querida amiga, bom fim de semana.
Um beijo.

glauce soares disse...

É com grande satisfação que lhe sigo e fico muito orgulhosa em tê-la no humilde Blog "PORÇÃO DO AMOR".
Aguardo você mais vezes, procuro visitar quando posso, pois além de ter um filhinho, a casa e outras cositas mais rs rs rs, beijos, seu blog é simplismente maravilhoso e cada mensagem que te faz refletir, seja bem vinda Renata, tchauzinho....

Vivian disse...

...Pablo Neruda é um dos meus
poetas favoritos.

amei vê-lo aqui...

bjbj

Daniel Costa disse...

Renata

Antes de acabar de ler, estava a sonhar com a verve de Paulo Neruda. A poesia dele tem-me atraádo muito, parece-me conter a sua personalidade muito vincada. É certo, sem amor não de vive.
Beijos
Daniel

Jacque disse...

Oi Renata. Eu não consegui entrar no seu email do Yahoo. Pede o meu email pra o Daniel Costa, ele tem. Aí eu te mando o vídeo, porque não publico os vídeos no You Tube.

Beijo

Marcelo Novais disse...

Sempre MARAVILHOSO aki!

JORDAS disse...

Oi,
Lindo poema!
Gosto dessa liberdade!
Um lindo fim de semana!

Amapola disse...

Que lindo seu blog!
Imagens maravilhosas...

Um grande abraço.

Naty e Carlos disse...

"Quando a tristeza vier ao seu encontro, deixe sair dos olhos uma lágrima, da boca um sorriso e do coração uma prece, pois não são covardes os que choram por amor, mas sim aqueles que não amam com medo de chorar..."
Bom fim de semana
Bjs

Hod disse...

Neruda surpreende com seu talento e encanta com carisma. Magnifico Rê.

Abraçosm e bom fim de semana amiga,com muitas bençãos.

Hod.

Pérola disse...

Boa noite minha linda.
Tem horas q nem sei o q dizer de suas postagens, são tão lindas,tão iluminadas,cheias de tanto amor.
O fato é quando venho aqui sinto o amor presente,a paixão enraizada por detrás das palavras,desejos escondidos e loucos para serem revelados.
Maravilhoso amiga.
Beijos minha menina.

Manuela disse...

Adoro Neruda, amiga feliz dia da mulher.~
Bj
Manuela

HSLO disse...

Lindo viu Renata..adorei.

abraços


de paz



Hugo

Sonhadora disse...

Minha querida Renata
Lindo poema ,mas de Neruda, tinha que ser mesmo lindo.

beijinhos
Sonhadora

Jacque disse...

Querida seguidora de meu Blog Sentimentos. Gostaria de sua opinião; Pegaram um vídeo de meu Blog, sem pedir. Eu não sei como, deve ter entrado no HTML da página.

Mariazita disse...

Rê querida
"Liberdade não conheço outra senão a liberdade de estar preso a alguém" - Maravilha!
Pablo Neruda é UM apenas, e dispensa comentários.
Parabéns, linda, pela partilha.

Um domingo cheio de Luz e Amor.

Beijinhos
Mariazita

Marta disse...

Neruda é único...
Uma declaração de amor tão forte, tão sentida...
Adorei...
Beijos e abraços
Marta

Isa disse...

Pablo Neruda,excelente escolha!
Beijo.
isa.

Pérola disse...

Bom dia minha linda!!!
Amo quando vc vai me visitar é tão doce no q escreves.
Tem horas q vc me deixa sem ter o q dizer rs.
Te gosto demais minha amiga,sua presença é indispensável no meu dia a dia pode ter certeza.
Um dia lindo com flore para encantar o seu dia.
Estou procurando o slide de q falou.
Obrigado pelo seu carinho.
Beijos com mel.

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
Palavras sempre sentidas vindo da tua parte.

Ótimo Domingo

Bjo enorme

Pérola disse...

Obrigado pelos escritos,são lindos.
Eu vou ver o slide rs.
Por falar na Jacque,tu vistes o q fizeram com ela amada?
Estou indignada e muito triste.
Nossa,cada vez menos eu entendo as pessoas,me surpreendo com cada coisa q só Deus menina eu heim!!!
Um beijo grannnnnnnnnnnnnnnnnnde.
Dia felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.

david santos disse...

Olá Renata!
Pablo Neruda sempre nos escreveu coisas fantástiscas e lindas que, com o teu talento e bom gosto, as tornam mais brilhantes e reveladoras do verdadeiro amor pelo amor.
Abração

David Santos

Olhos de mel disse...

Querida Renata; na véspera do dia da mulher, não poderia escolher outra coisa... Pablo Neruda, nossa! Seus poemas fala no fundo da alma de todas nós.
Bom fim de semana! Beijos

Felina Mulher disse...

Adoro neruda!
Obrigada pela poesia que me deixaste....te adoro viu Linda?


Um beijo e um sorriso.

Desnuda disse...

Dizer o quê sobre Pablo Neruda?! Fantástico!!! Belíssimos, sempre. Obrigada amiga!

Beijos, com aplausos!

bondearte disse...

Renata,
Belissimo poema,
Bom Domingo
Beijos
Paulo