domingo, 17 de outubro de 2010

UM CANTO DE AMOR*, QUANDO SÓ SE TEM AMOR



UM CANTO DE AMOR*, QUANDO SÓ SE TEM AMOR



O teu semblante ilumina o meu dia,

Faço da tua voz uma canção!...

Sonho com o deslize das tuas mãos...

O meu tempo, agora, é só poesia!


Lá se foram as horas de agonia;

O teu brilho é a minha direção

... E se perde ao longo da imensidão!...

— Deus! Não mereço tamanha alegria!...


Teu nome me segue aonde eu for;

Não fico mais sem ti, meu doce amor;

Estarei sempre nos raios da tua luz!


Paro. Penso... Penso... Fico distante!

No infinito está a tua paz constante

Quero estar, para sempre, na tua luz!...


Machado de Carlos


Muito obrigada, Poeta!

16 comentários:

Blue disse...

Quando só se tem amor,
o teu olhar é a luz!

Beijos, querida Renata Maria.

Machado de Carlos disse...

Renata,

Fiquei muito Feliz! Obrigado pela Grande Homenagem!

Beijos Fraternos de Coração para Coração!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

O que é isso Machado! Você é um grande Poeta, um dos melhores sonetistas daqui e merece tudo. O seu Imenso Amor salvou este blog. É forte, é vencedor.
De coração para coração, beijos*******
Renata

wcastanheira disse...

Mais uma vez uma linda escolha, poesia pura, poema enlaçado à ternura e ao coração, vc é sempre estonteante tb nas fotos, sei da dificuldade em escolhe-las, vc tem sido muiiito feliz nesta busca, ótima foto aliada a uma escolha de postagem inteligente, bjos, bjos e bjossssss

Vivian disse...

...quando só se tem amor.

cantemos então o amor!

bj, lindeza!

belíssima homenagem
ao poeta tão amigo!

Maria Rita disse...

É no amor que nos sentimos verdadeiramente vivos.
Um brinde ao amor!

Beijos pra Ti

bondearte disse...

Renatinha!!!
Que belo poema,
você realmente é um ser humano senssivel!
Esta ai da foto de abertura é você?
Um grande beijo
Bom inicio de semana
Paulo

Jortas disse...

Quero estar, para sempre, na tua luz!...
Feliz de quem têm a luz de alguém como guia.
Feliz és Re, por nos dares tanta poesia.
Obrigado pela passagem lá na minha rua.

Machado de Carlos disse...

Renata,

Tudo bem querida?

Fique a vontade para publicar quaisquer sonetos meus. Será sempre uma honra e alegrias ao meu coração!

Beijos!...

SolBarreto disse...

Lindo poema....
Teu nome me segue aonde eu for;
Não fico mais sem ti, meu doce amor;
Estarei sempre nos raios da tua luz!
Ouvindo a musica então...faz a gente ir mais longe ainda...em um mundo de sonhos e possibilidades...

Let's disse...

Lindo..mto mesmo..

Zé Carlos disse...

Um beijo enorme Renata minha linda e querida menina.... Saudades....
ZC

Daniel Costa disse...

Renata

"UM CANTO DE AMOR", é um soneto de belo tributo ao amor, que o poeta tem dado provas de saber intrepretar bem.
Tanto ele como tu estão de parabéns por esta maravilha poética.
Ternos beijos

Everson Russo disse...

Machado de Carlos é um grande poeta,,,uma alma brilhante que nos ilumina com sua poesia,,,belissima homenagem minha menina,,,parabens a ti pela iniciativa,,,e parabens ao imenso poeta pela inspiração...beijos carinhosos de bom dia,,,e otima semana...

p.s. gostei do cascata de beijos...rs..rs...pra voce tambem,,,,

Ricardo Calmon disse...

Em se tratando de amor,tudo é pouco, o infinito curto é,assim como teus versos e os menestreis que vos feliz faz e encanta.
Em mensagem trucada e dobrada,fez a paz e o amor profundo em superuor instancia,retorna,aflora,emerge,yes!

bzu poeta minha

viva la vie

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Que bom tê-lo aqui, Ricardo.
Vive la vie!
Paix et amour********
Renata