terça-feira, 4 de janeiro de 2011

A ÚLTIMA ROSA DO VERÃO


A ÚLTIMA ROSA DO VERÃO 

Esta é a última rosa do verão, deixada florescer sozinha 
Todas as adoráveis companheiras desbotaram e se foram, 
Não há flores de seu tipo, nenhum botão de rosa está perto 
Para refletir seu vermelho e dar suspiros por suspiros 

Eu não vou deixar-te, tu, um solitário espinho na haste 
Uma vez que a bela está dormindo, vá dormir com elas 
Assim, gentilmente espalharei tuas folhas em cima da cama
Onde companheiros do teu jardim são mentiras inodoras e mortas. 

Tão logo eu possa seguir, quando as amizades deteriorarem
E do círculo luminoso do amor, as pedras caírem 
Quando os corações puros estiverem murchos e os apaixonados flutuando 
Oh! Quem habitaria este mundo sombrio sozinho!

***

Tchau, até a volta! 

4 comentários:

Isa disse...

Feliz Ano Novo!
Que a Saúde,a Paz e o Amor nunca
a abandonem!
Feliz 2011!
Beijo.
isa.

José disse...

E eu pensei que esta ultima rosa,
tinha a ver com esta curta ausência.
Ainda bem que não tinha e tu estás voltando, e eu estou feliz com o teu regresso, um bom ano para ti, na nossa companhia.
Espero que esteja bem contigo.

Um beijo grande,
José.

Sonhadora disse...

Minha querida

Hoje passando apenas para deixar carinhos...um beijinho e dizer que estou de volta.

Sonhadora

Phivos Nicolaides disse...

Obrigado pela visita e seu gentil comentário. Parabéns por seu blog, pelo conteúdo, organização... Eu preciso do seu endereço de e-mail para lhe escrever. meu e-mail é: phivosni@cytanet.com.cy
Beijos e abraços carinhosos