domingo, 2 de março de 2014

PÉROLA


A Onda e a Pérola, Paul Jacques Aimé Baudry (1828-1886)


PÉROLA

A
Areia
Do
Tempo
Escorre
No
Amor
Em
Que
Me
Fazes
Mergulhar
As
Ondas
Quebram
Na
Minha
Alma
Sou
A
Tua
Pérola
À
Espera
À beira
Do
Verde
Mar



 
A Onda, Guillaume Seignac (1870-1824)

4 comentários:

Daniel Costa disse...

Querida, bonito a interessante haicai. Aqui não aparece, no Brasil muito. A formula terá futuro no país irmão. Tu já tens privilegiado bastante.
Beijos

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida Renata

Um poema simplesmente maravilhoso e uma música que eu adoro.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Alexandrino Sousa disse...


Amiga Renata,

linda esta música e um poema tão cheio de querer e de acreditar...

beijo
Alex

Pérola disse...

Uma pérola no seu esplendor.

Beijos