sexta-feira, 11 de abril de 2014

TU ME CHAMAS



TU ME CHAMAS



Tu me chamas e inconscientemente te sigo

Por trilhas que nem a razão entende

Com tal apelo que o meu coração ao teu se rende

Gosto de estar contigo!

Ainda que seja ao telefone, num alô

Para uma conversa descontraída

Onde falamos de amenidades, de nós, da vida

E muitas vezes também de amor

Como vês, naturalmente, sem sentir

Cresceu a minha admiração por ti

Ocupas hoje o centro dos meus sonhos e fantasias

Repuseste em mim a alegria

Acordaste a minha ternura, o meu carinho

Mostrando-me que o meu querer passa

por teus caminhos

Assim, me entrego por inteiro a ti,

Com paixão e com carinho, beija-me!

6 comentários:

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Renata.
Conhecendo o teu espaço hoje e ficando por aqui.
Quando o amor acontece em nosso peito ficamos tal qual crianças felizes brincando sem cansar, adolescentes que se perdem ao ver o luar, contemplar a beleza das estrelas.
Vale permanecer na paz e se render, isso sim.
Parabéns!

http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/2014/04/nem-sempre-te-digo-eu-te-amo.html
(blog pessoal)

http://refugio-origens.blogspot.com.br/2014/04/intenso-abandono.html
(blog onde eu colaboro)

Tenha um excelente fim de semana!
Beijos na alma!

Felisberto Junior disse...

Olá, Boa noite, Renata
lendo seu belo poema,veio à minha mente aquela bela canção
“Toda vez que o amor disser: Vem comigo!
Vai sem medo de se arrepender
Você deve acreditar no que é lindo
Pode ir fundo, isso é que é viver”
Obrigado pelo carinho, sempre, belo final de semana, beijos!

Daniel Costa disse...

Ler os teus poemas é ter a certeza de ler boa poesia romântica. Nunca puseste de lado um arreigado romantismo.
Vem sempre da alma apaixonada!
Beijos

São disse...

Há tanto tempo que não ouvia Blondie... e como gosto desta canção!

Richard Gere um homem bonito e excelente actor.

Grato abraço por estes lindos momentos, minha querida REnata

Nilson Barcelli disse...

BNoa amor, a razão não entra...
Belíssimo poema, gostei muito.
Um beijo, querida amiga Renata.

Jorge disse...

Renata, lindona, desculpa a demora na resposta ao teu email, mas raramente vou aquele endereço. Se quiseres podes usar o meu email oficial avvjjorge@gmail.com.
Beijinho doce!