sexta-feira, 30 de maio de 2014

PARA QUEM APRECIA *OU NÃO* O FILME *LUA DE FEL*




PARA QUEM APRECIA *OU NÃO* O FILME *LUA DE FEL*


****






Ouvindo o “Clair de Lune",



Aquele de Debussy,



Ponho-me a cismar em ti.



Então mergulho no mel,



E encontro o travo do fel,



No meu sentissentimento,



Sonhando a todo momento,



Com o amor que me prometes,



Com o amor de que me esqueces,



Triste, não saio daqui,



Ah, como Oscar e Mimi!



Feito após rever Lua de Fel, filme de Roman Polanski, cujas personagens principais, um homem e uma jovem, se chamam, o primeiro Oscar, e, a moça, Mimi, corruptela de Micheline Bouvier

9 comentários:

Bandys disse...

Oi Renata,

Não vi o filme mas é belo o que escreveu.

Bom final de semana cheio de paz e luz
Beijos

Daniel Costa disse...

Querida Renata

Cinéfila como tu só tu! Porém o fel não está na imagem. Mesma ameniza o poema.
Beijos

Celina disse...

QUERIDA RENATA , OBRIGADA PELA VISITA ,EU NÃO VI O FILME VOU GRAVAR O NOME, SEI QUE O DIRETOR É MUITO BOM E NÃO VOU PERDER A OPORTUNIDADE, UM FINAL DE SEMANA BEM LEGAL PARA VC, UM ABRAÇO FRATERNO CELINA.

São disse...

Oh, ignorância...Conheço Polanski, mas nunca ouvira falar no filme, só se aqui traduziram título de outro modo, o que é comum.

Do poema gostei imenso.

Minha amiga, abraço estreito,

Alexandrino Sousa disse...

Olá Renata,

quanta sensualidade no seu pensamento, em tudo o que escreve...invejo-te. Por vezes gostaria de saber escrever assim...

Beijinho
Alex

Alexandrino Sousa disse...

deve ser muito bom o filme, mas não vejo muito cinema não, reconheço..

Vendo as imagens, quanta loucura vivida, quanta ainda por viver e à tanto tempo prometida.
Aguardar no tempo também é uma virtude...

Beijo
Alex

Felisberto Junior disse...

Olá,Renata,boa noite,
faz tempo q assisti, mas sempre é bom rever um clássico desses que conta com ótimas atuações, principalmente Emmanuelle Seigner e o poema diz muito da relação , no filme, no início tudo rosas...bem, jamais devemos revidar um mal com outro mal,mas, ao contrário,a Mimi traída e humilhada ...
Obrigado pelo carinho, belo domingo,beijos!

wcastanheira disse...

Bela ideia, lindo, lindo, bem ao meu estilo, pra guria linda o tio dxa beijinhos e beijinhossssssssss...

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Confesso que não vi o filme, mas, em compensação, adorei o teu poema Renata. Lindo!

Abraços,

Furtado.