segunda-feira, 9 de junho de 2014

SEU CORPO




SEU CORPO

Mais uma vez,
fingindo dormir,
como que me chamando,
Vem.
Seu corpo nu, a seda, lençóis,
chego devagar.
Seu corpo
me atrai, um imã.
Eu sei, e me mostro,
me espalho, me solto,
me viro e me abro...
Lasciva, me deixo.
Sua pele queimada de sol,
seu cheiro,
um jeito só seu de se deitar,
me adivinhando.
Seu toque
me excita,
me envolve, me engole.
Seu corpo entende,
se lança,
transpassa o prazer da minha urgência,
se mistura ao meu mar,
ofegante,
se entrega,
explode em mim.

@ Renata Cordeiro

8 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Renata.. todo corpo é um imã atrativo ou repulsivo .. e quando o temos ao nosso lado não resta outra coisa a unir as duas polaridades.. bjs de bom dia

Bell disse...

Uauuuuuu,é muito amor e sensualidade misturados, o resultado é fantastico.
bjokas =)

wcastanheira disse...

__Seu toque
me excita,
me envolve, me engole...Uauau q belo delirio, gosto assim, coladinho, inn, inn, um mimo, uma delicia, tortura mas é bommmm e vc recebe do tio beijinhos e beijinhossssssssssssss

Rosemildo Sales Furtado Furtado disse...

Adorei a profundidade e o grau de sensualidade que habitam neste teu belo poema.

Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

Furtado.

. intemporal . disse...

.

.

. a osmose . mais.do.que.natural .

.

. um beijo . renatchinha . :) .

.

.

Daniel Costa disse...

Querida Renata

Serão sempre os corpos, quando se juntam a interpretar o maia lindo bailado transcendental!
Beijos de amizade

Bandys disse...

Ola Renata,

Uma bela poesia pro Dias do namorado.

Boa copa.

beijos

Felisberto Junior disse...

Olá,Boa noite, Renata...hum, que intenso e belo, junção de corpos, passo a passo e assim os corpos saciados por completo...que vem das sutilezas de cada ser, emergindo das profundezas de cada alma...
Obrigado pelo carinho,belos dias,beijos!