segunda-feira, 7 de julho de 2014

O DIREITO DE SER FELIZ



O DIREITO DE SER FELIZ

Quantas vezes nós pensamos em desistir,
deixar de lado o ideal e os sonhos;
Quantas vezes batemos em retirada,
com o coração amargurado pela injustiça;
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade
sem ter com quem dividir;
Quantas vezes sentimos solidão,
mesmo cercados de pessoas;
Quantas vezes voltamos para casa com a sensação de derrota;
Quantas vezes aquela lágrima teima em cair,
justamente na hora em que precisamos parecer fortes;
E a resposta vem, seja lá como for:um sorriso,
um olhar cúmplice,um cartãozinho,
um bilhete, um gesto de amor;
E insistimos, insistimos em prosseguir, em acreditar,
em transformar, em dividir, em estar, em ser;
E encontramos o caminho:

Aquele mais difícil,
mais complicado, mais bonito.
E insistimos em seguir,
porque todo mundo tem um direito:

O de ser feliz.

9 comentários:

Daniel Costa disse...

Amiga Renata

Atraente poema de nos pòr a meditar, na verdade que encerra: o direito a ser feliz!
Procurar que esse direito se cumpra é obrigação,
Bjs

wcastanheira disse...

- Quantas vezes aquela lágrima teima em cair,
justamente na hora em que precisamos parecer fortes...Verdades q a poesia tenta explicar, porém não convence a todos, fca no ar ao poeta, quem entenderà? Gostei, viajei com vc e dxo pra guria beijinhos e beijinhossssssssssssss

Cadinho RoCo disse...

Encaro a felicidade como obrigação. Nascemos para sermos felizes.
Cadinho RoCo

Rosemildo Sales Furtado disse...

A felicidade é um direito e todos têm que correr atrás. É se permitir alguns momentos de reflexão, partir para a autovalorização e lutar por ela.

Beijos e muita paz para ti e para os teus.

Furtado.

Ghost e Bindi disse...

Oi Renata, precisamos estar bem primeiramente conosco, o nosso interior estando em paz, iremos encontrar alegria em pequenas coisas, pois a felicidade se encontra em pequenas coisas. Lindo poema.

Ghost e Bindi

Bell disse...

Acredito que ser feliz é o sonho de todo ser humano.
Felicidade é um estado de espírito e não um status. Ou seja ninguém é feliz sempre.
Importante é sabermos apreciar cada momento por mais pequeno que seja, pois a felicidade está presente até mesmo nas miudezas.

bjokas e que seu fds seja regado de felicidades =)

Zilani Célia disse...

OI RENATA!
VERDADE AMIGA, PASSAMOS MUITO DE NOSSA VIDA CORRENDO ATRÁS DESSE DIREITO, SER FELIZ, TÃO SIMPLES, MAS, QUE MUITOS NÃO O CONSEGUEM.
UMA BOA REFLEXÃO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Felisberto Junior disse...

Olá,Boa noite, Renata
sim, uma maravilha de texto ...
penso que apesar de indefinível, tamanha sua amplitude e complexidade, a felicidade é algo inerente a própria natureza humana, de modo que cada um busca o que o torna plenamente realizado. Porém, para busca dessa felicidade, em qualquer setor da vida, cada indivíduo deve ter acesso ao mínimo essencial para que tenham seus direitos respeitados...e ademais, fico com Freud que já entendia que a felicidade era um tema complicado. E, reconhecia Freud que , mesmo com todos tendo direito à ser feliz, julgar a alheia era bem difícil e, provavelmente impossível...
Obrigado pelo carinho, belo final de semana,abraços!

Nilson Barcelli disse...

A felicidade só se consegue procurando incessantemente os seus caminhos, porventura nem sempre os mais fáceis.
Adorei o teu poema, minha querida amiga Renata, é excelente.
Tem um bom fim de semana.
Beijo.