segunda-feira, 25 de abril de 2016

SEM TÍTULO, SEM TI




SEM TÍTULO, SEM TI

Os olhos ardem de sono
e  não se entregam
o nariz não deixa passar
o ar e a boca seca
ressecada a pele
por esquecer o creme
a cãibra no pé
das tripas coração
o gosto de fel na boca
os músculos como um nó
o corpo todo pedindo você
um carinho, um cafuné
a tua seiva 
alimento e alento
pão e ar
sangue que irriga
relvas e colinas
bombeia e bombardeia
me faz estremecer
e rolar sozinha
para enfim me atirar
exausta
nos braços de Morfeu
na falta dos teus


7 comentários:

Felisberto N. Junior disse...

Olá, Renata,boa noite...aplausos para seus versos, longe do marasmo dos iguais , do mesmo lengalenga poético, as mesmas palavras e rimas repetidas... " cãibra no pé" é singular, único, adorei!... Não é fácil ficar sem aquele que nos faz ser a pessoa mais feliz do mundo. Não é fácil ficar sem ouvir a voz antes de dormir,Sentir esse vazio...é, não resta mais nada a fazer ,a não ser dormir nos braços de Morfeu!
Obrigado pelo carinho,feliz semana,belos dias,beijos!

Rosa Alentejana disse...

A solidão da noite como abraço de clausura...tão bem retratada! E a música que amo...obrigada por este bocadinho de saudade!
Beijinhos linda! <3

PAULO TAMBURRO. disse...

RENATA,

pois é "sem título" a gente até que pode ir levando, mas sozinho dói mesmo.

Lindo seu poema!

Um abração carioca.

São disse...

A solidão , por vezes , dói muito...

Acabei de ler o belo texto de Brad sobre Angelina , mas o vídeo não abriu e não consegui descobrir onde comentar.

Minha amiga, abraço forte

Eduardo Cambui Jr. disse...

Oi Renata! Muito bom o seu texto... parabéns!

Jaime Portela disse...

Há insónias que são óbvias...
Magnífico poema, gostei imenso.
Continuação de boa semana, querida amiga Renata.
Beijo.

Daniel Costa disse...

Querida Renata
Como sempre gostei, a tua sensibilidade está sempre ao cimo. Reparei na palavra cafuné. É muito nordestina.

BRASIL: O SORRISO DE DEUS.
Capitania de São Vicente
Se comentar, agradeço o post agadeço.
http://amornaguerra.blogspot.pt/
Beijos